14/03/2014

QR Codes e a sua finalidade!

Devo dizer que à uns anos quando conheci a tecnologia QR Code (Quick Response Code) imaginei que haveria um potencial enorme no mercado para poder ser usado de N formas de interagir com o consumir. Hoje percebo que pelo menos em Portugal, tornou-se numa desilusão, é muito pouco usado pelas marcas/empresas e quando usam basicamente é um link para o seu site, tão simples quanto isso.

Quando na realidade poderia tornar-se numa experiencia diferente e inovadora como foi o caso à uns anos da +Tesco no Japão em que criou uma loja virtual com a ajuda dos QR Codes:


As marcas tem explorado muito pouco este tipo de áreas dos Smartphones, ora tanto por desconhecimento das empresas como dos próprios consumidores.

Segundo um artigo divulgado pela Marketter Online:


"...55% dos inquiridos que indicaram conhecer QR Codes refere que nunca os utilizou, principalmente por não ter smartphones (47%) e por não saber como utilizar (18%).

Dos 45% que já utilizaram QR Codes, 66% indica que o que mais gosta de encontrar nesses códigos são detalhes sobre o produto, seguindo de promoções (47%) e ainda link para o site da marca (40%).


O estudo revela ainda que, quando questionados sobre como um QR Code contribui para a imagem de uma marca, 80% dos inquiridos considera que uma marca que utiliza este tipo de códigos é uma marca inovadora, 57% acredita ser uma marca que se preocupa com o consumidor e 50% diz que estes códigos atribuem credibilidade a uma marca..."




O que revela sobretudo a forma como o mercado está agir em relação aos QR Codes. Mas o consumidor gosta de coisas novas e tecnologia, gosta de ser surpreendido com experiencias novas, cabe às marcas dar a conhecer este tipo de tecnologia e o seu potencial, tanto atrai os consumidores como estimula o mercado a ser inovador e além disso demonstra essencialmente que essas marcas estão focadas na tecnologia e no futuro, tal como recentemente a +Mercedes-Benz que tem estado a apostar na sua comunicação com o uso dos QR Codes nos seus automóveis e além disso explica ao consumidor o que é um QR Code e como o usar.


Essencialmente marcas ligadas ao ramo automóvel têm apostado neste tipo de tecnologia, mas existe espaço para expandir o conceito e investir em outras áreas. O que falta essencialmente são ideias originais, não se limitem a comunicar apenas o site. Tentem criar uma experiência positiva ao consumidor, só terão a ganhar com isso.

Por fim, um excelente uso da tecnologia para ajudar na área da medicina em que no hospital Beth Israel Deaconess, da Universidade de Harvard, em Boston. Está a testar um sistema para melhorar o atendimento e trabalho no momento em que vão fazer o diagnostico ou aceder às informações dos pacientes com a ajuda do +Google Glass e os QR Codes.




Sem comentários:

Enviar um comentário

Linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...