26/03/2014

20/03/2014

O verdadeiro poder de um cão guia!


Este anúncio está realmente muito bom, demonstra que as capacidades de um cão guia que não servem apenas para quem não vê mas também para quem viu de mais.

19/03/2014

1500 dólares para fazer magia


A +Tesla Motors não aposta em publicidade, no entanto, a produtora Everdream (criada por dois estudantes) teve a ideia de investir 1500 dólares numa publicidade para a marca. +Elon Musk (CEO da Tesla) gostou tanto do anúncio demonstrando isso a público:

Escusado será dizer que a Tesla já terá algo programado para este dois jovens criativos (https://twitter.com/elonmusk/statuses/444359579791392769).
A prova que não é necessário milhares de dólares para um anúncio tão bem feito, mas sim uma boa imaginação e criatividade.


18/03/2014

Usar Android Wear num mundo "perfeito"


Parece tudo muito bonito o que é apresentado no vídeo, mas para quem já experimentou o Google Now, sabe que ainda há muito para desenvolver pelo menos cá em Portugal está muito pobre. Caso realmente a Google dê um avanço na tecnologia por cá, pode ser que usar um acessório destes (Android Wear) se torne um caso interessante.


14/03/2014

A marca de confiança dos portugueses


Ideias simples e com mensagem são muitas vezes as mais originais como o caso nesta publicidade do +Continente



QR Codes e a sua finalidade!

Devo dizer que à uns anos quando conheci a tecnologia QR Code (Quick Response Code) imaginei que haveria um potencial enorme no mercado para poder ser usado de N formas de interagir com o consumir. Hoje percebo que pelo menos em Portugal, tornou-se numa desilusão, é muito pouco usado pelas marcas/empresas e quando usam basicamente é um link para o seu site, tão simples quanto isso.

Quando na realidade poderia tornar-se numa experiencia diferente e inovadora como foi o caso à uns anos da +Tesco no Japão em que criou uma loja virtual com a ajuda dos QR Codes:


As marcas tem explorado muito pouco este tipo de áreas dos Smartphones, ora tanto por desconhecimento das empresas como dos próprios consumidores.

Segundo um artigo divulgado pela Marketter Online:


"...55% dos inquiridos que indicaram conhecer QR Codes refere que nunca os utilizou, principalmente por não ter smartphones (47%) e por não saber como utilizar (18%).

Dos 45% que já utilizaram QR Codes, 66% indica que o que mais gosta de encontrar nesses códigos são detalhes sobre o produto, seguindo de promoções (47%) e ainda link para o site da marca (40%).


O estudo revela ainda que, quando questionados sobre como um QR Code contribui para a imagem de uma marca, 80% dos inquiridos considera que uma marca que utiliza este tipo de códigos é uma marca inovadora, 57% acredita ser uma marca que se preocupa com o consumidor e 50% diz que estes códigos atribuem credibilidade a uma marca..."




O que revela sobretudo a forma como o mercado está agir em relação aos QR Codes. Mas o consumidor gosta de coisas novas e tecnologia, gosta de ser surpreendido com experiencias novas, cabe às marcas dar a conhecer este tipo de tecnologia e o seu potencial, tanto atrai os consumidores como estimula o mercado a ser inovador e além disso demonstra essencialmente que essas marcas estão focadas na tecnologia e no futuro, tal como recentemente a +Mercedes-Benz que tem estado a apostar na sua comunicação com o uso dos QR Codes nos seus automóveis e além disso explica ao consumidor o que é um QR Code e como o usar.


Essencialmente marcas ligadas ao ramo automóvel têm apostado neste tipo de tecnologia, mas existe espaço para expandir o conceito e investir em outras áreas. O que falta essencialmente são ideias originais, não se limitem a comunicar apenas o site. Tentem criar uma experiência positiva ao consumidor, só terão a ganhar com isso.

Por fim, um excelente uso da tecnologia para ajudar na área da medicina em que no hospital Beth Israel Deaconess, da Universidade de Harvard, em Boston. Está a testar um sistema para melhorar o atendimento e trabalho no momento em que vão fazer o diagnostico ou aceder às informações dos pacientes com a ajuda do +Google Glass e os QR Codes.




12/03/2014

Coca-Cola pede para não fazerem barulho no cinema



Quantas vezes não vamos ao cinema, o filme começa e as pessoas estão constantemente a fazer barulho, quase fazendo parte do próprio filme?

Com essa ideia a Coca-Cola criou uma campanha para incentivar o espetador de respeitar o cinema incluindo algumas pessoas no próprio filme em tom de brincadeira. Uma ideia brilhante!

)

11/03/2014

Duracell aquece Canadianos

Uma forma original de promover a marca +Duracell aquecendo as pessoas que têm frio no Canadá neste abrigo que apenas funciona com a união das pessoas.

In this winter of ice storms and a polar vortex, moments of warmth are few and far between. We wanted to see if we could change that.

#PowerWarmth


)

07/03/2014

Entra no teu grupo do Facebook

Imagem: Adweek
Facebook criou uma campanha com o slogan "We Are Not Alone" para celebrar o dia da comunidade Cosplay.

Esta campanha é para promover essencialmente os grupos do Facebook e neste caso para promover grupos menos apreciados e "gozados" por outras comunidades. Que todos têm o seu espaço e o seu lugar, sejam cosplayers ou outro tipo de grupos, a ideia é juntares-te ao que realmente gostas pois certamente não serás o único com gostos "estranhos".

Sensibilização à crise na Siria


Parece que as campanhas para ajuda humanitária estão atingir cada vez mais o seu objetivo, chocar e envolver as pessoas para as suas causas. Caso estejam recordados do meu post SOS Children's Villages Norway, fez aproximar muitas pessoas à causa e agora a Save The Children +Save the Children UK criou uma campanha nova para demonstrar o que aconteceria a uma criança se o que acontecesse na Síria acontecesse em Londres. A ideia do vídeo demonstra um ano da vida da criança, desde o seu aniversário em quem tem uma vida perfeitamente normal até ao horror em que tudo se torna. O vídeo coincide com o passar dos 3 anos em que a Síria vive nesta situação, com milhares de mortes e mais de 2 milhões de refugiados:

Just because it isn't happening here doesn't mean it isn't happening.


06/03/2014

Produtos Back To The Future, uma realidade?

Uma das coisas que adoro no cinema é quando o product placement de um produto existente é feito de uma forma criativa sem estragar o argumento de um bom filme. No caso de que escrevo, é o contrário...o produto não existe, o filme cria e o mercado procura criar o produto.

A maior parte das pessoas da minha idade, viu e reviu a clássica trilogia Back To The Future , e ficou encantado com esta cena, onde todos querem aqueles produtos...no entanto eles não existem:





E anda agora um vídeo a circular pelas redes sociais que está a fazer renascer a ideia de que afinal irá ser possivel ter um hoverboard como aquele em que Marty McFly planava, no entanto, o ceticismo da grande parte das pessoas que vê o vídeo em que afirma logo o chavão "FAKE". E realmente deixa um pouco na dúvida, o que é estranho foi como convenceram celebridades como o famoso +Tony Hawk e o +Moby a entrar nesta "brincadeira".

Qual o verdadeiro motivo para este vídeo viral (já tem mais de 5 milhões de visualizações)?



Continuando nesta ideia e relativamente ao mesmo filme, temos esta cena:




Em que a +Nike, já anunciou que para o ano 2015 vamos poder ver este produto nas lojas:


Verdade ou não, gosto da ideia de filmes criarem produtos para o mercado.
A outra questão será a relação na nossa cabeça entre a ficção e a realidade, pode sair um pouco destorcida e resultarem num fiasco completo de vendas, mas mesmo que seja um fiasco...agora que falaram nisso, não voltem atrás, os fãs querem um pouco do "futuro" criado por Robert Zemeckis e Bob Gale.

Twitter com nova imagem

Há relativamente pouco tempo falava-se em tempos de mudança para o twitter, essencialmente na forma de visualização.

Pelo menos ontem ao final do dia parecia ter havido uma alteração, quando vão ao vosso perfil ou de outro utilizador, podem ver em maior detalhe, bem ao estilo do Facebook ou mesmo +Google+ :


05/03/2014

O poder da partilha a nível mundial


A famosa selfie partilhada no Twitter percorreu o mundo, conta com atualmente 3.265.110 retweets e através deste link podemos visualizar durante +Oscars os ínumeros tweets feitos ao longo do dia sobre o tema, um mapeamento interessante que demonstra o poder de influencia a nível mundial destes apresentadores e claro do espetáculo dos Oscares.


Mais dados podem ser consultados: http://blog.klout.com/2014/03/heres-impact-3-million-tweets-klout-score/

Linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...