17/02/2014

PESSOAS precisam-se no Google Plus

O ano passado comecei a utilizar mais o Google Plus com a ideia de que o Facebook já começaria a ser um solução um pouco saturada, com demasiada informação, lixo e uma coisa que sempre detestei foi a politica de privacidade e de segurança do Facebook, ou seja, extremamente complexa e dúbia. 

Já com o G+, essa informação toda parece muito mais simplificada, organizada e fácil de perceber. O que para um utilizador comum, faz todo o sentido que assim seja. No entanto, apesar de já existirem grandes comunidades no Google Plus, parece que apenas é uma pequena fatia dos utilizadores, até quase que sinto que é como uma elite à parte de tudo.

Sinto que na rede social da Google facilmente estamos a comunicar com outras pessoas que não conhecemos e com uma segurança de apenas uns círculos, não precisamos de aceitar ou não aceitar "amizades".
Quanto a aplicações moveis gosto muito da G+, embora a do Facebook apesar de ter andado meio perdida e com imensos problemas, hoje em dia é uma aplicação estável e fiável. A nível tecnológico e de oferta, penso que no global o Facebook saia a perder pois o Google tenta integrar todas as suas ferramentas.

Sem dúvida que o Google Plus é uma rede social "melhor" mas com um problema grave...falta de pessoas!!! Uma "rede social" onde se socializa com quem?

E com isso vem o problema da Google, que tem tentado à força toda que os utilizadores comecem a usar, quer queiram, quer não. Têm-se esforçado para angariar utilizadores para a sua rede, através do gmail, as fotografias que temos nos smartphones já nos solicita se queremos por as fotos na cloud...e facilmente partilhar logo no Google Plus...inclusive o uso do Youtube em que se fizermos um comentário a um vídeo, aparece na rede-social e vice-versa, até AQUI no +Blogger (sim que para quem não sabe também lhes pertence), enfim uma série de investidas em todo o tipo de ferramentas que acabam por sair um pouco furadas, devido à do fator essencial em falta... PESSOAS! E obviamente ninguém gosta de sentir obrigado a utilizar uma rede social que não quer!


O que ganha o Facebook com isto? Ganha tirando ideias ao seu concorrente, tanto a nível de visualização (alguns utilizadores já têm acesso ao mesmo look que o Google Plus), como a recente adesão às famosas hashtags, onde o Twitter é rei e senhor. Por falar em Twitter, essa sim é talvez a rede-social mais equilibrada, fiel e que também gosto muito de usar, mais no contexto para saber o que se vai passando no mundo, nem tanto para saber o que os meus amigos/conhecidos estão a fazer.

Já li umas quantas noticias de que estudam preveem que utilizadores estão a começar a deixar o Facebook e a escala irá ser cada vez maior, os jovens já não querem o Facebook porque os pais estão lá, ou simplesmente já não está na moda...ora bem, até aqui tudo bem mas então vão para onde? Vão voltar ao clássico Messenger? Ao mIRC??? (Esqueçam eles nem sabem o que é isso). Seja como for, eles terão que ir para algum lado, depois de existirem redes-sociais eles não vão deixar de as usar...ou passarão a usar somente os Hangouts e Facebook Messenger, WhatsApp, etc...Aqui existe outro problema, onde fica o EU? Eu fiz e eu partilhei isto, eu disse isto, o egocêntrico...eles vão querer mostrar isso e vão deixar de o fazer? Não acredito nisso!


Pode realmente passar por outra rede social, pode...mas não vão deixar as redes sociais.

Já agora experimentem o Google Plus!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Linkwithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...